• Adoradores
  • sábado, 24 de dezembro de 2016

    Prófugo (não é Jonas!)

    Confesso: o semestre foi pesado. Me vi inebriado nesta parafernália chamada mundo. Do senso crítico apurado às análises silenciosas, transitei de qualidades a defeitos. Já fui mais feliz enquanto sentia aquele amor inócuo que devastou tudo em formas de versos fora do lugar. Essas coisas da vida adulta que chegam sem pedir licença... onde quem se achava o máximo se vê o mínimo... reticente como um diamante negro encontrando seu lugar no lar dos estapafúrdios escalafobéticos.

    Você não é todo mundo!
    Da mesma forma que um computador acumula excessos no decorrer de seu uso, vamos correndo e esbarrando em algumas sujeiras durante o trajeto: tato, paladar, olfato, visão e audição desviados. Assim como Sansão no disparate ávido de sua juventude se viu longe dos desígnios de Deus, vamos trilhando caminhos semelhantes: sabemos o que Ele quer de nós, mas fugimos ao nos distanciar de Sua vontade. Tal qual Sansão e Salomão (quem diria que o mesmo cara que nos orientou a ter cuidado com mulheres estranhas, se viu ludibriado por elas?), há muitos fortes sendo fracos e sábios sendo tolos, levados pela coleira do seu ego, se perdendo por se acharem. De chama em chama, um ímã pode perder seu magnetismo, e o resultado (quando não nos arrependemos) não pode ser outro: ficamos cegos, feridos por acreditar que o pecado faz acepção de pessoas; se ele fez o que fez com um rei e um juiz, veja lá o estrago possível na vida dos “super-espirituais” de hoje.

    Tudo bem. É possível restaurar um computador sobrecarregado, entretanto, se tratando de vida, o reparo tem outro nome: avivamento. Entender que desejar um rei humano (enquanto se tem DEUS como Rei) apenas porque todas as nações ao redor têm é o pior dos caprichos (modinha, no vocábulo de hoje) e o suficiente para nos levar a entender que não fomos feitos para este século, que não somos daqui, que Ele é o Dono e nós, Sua casa. E mais: Ele tem ciúmes deste lar chamado “teu coração”.

    “Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.”
    (João 6:67-68)

    Deus (bondoso que só!) teve misericórdia de Sansão ao dar-lhe um novo vigor no momento em que ele já não podia nem mais enxergar. Não espere os maus momentos chegarem para pedir forças ao Senhor; busque-O desesperadamente no agora, e por mais que você tenha desertado, ainda há graça para sair da caverna do pecado. A vida não é um jogo de xadrez onde você tem uma visão geral do que está acontecendo, então, sossegue e lembre-se que Deus descortina o teu coração por inteiro e também não esqueça que o tempo inteiro Sua bondade e graça estão contigo. Bem assim, lado a lado.

    Que Papai do céu te abençoe e te guarde! Estar com Ele é melhor que absolutamente tudo! =]

    Sobre Sansão: Juízes 13-16. | Sobre Salomão: Provérbios 7; 1 Reis 11.
    Versos adicionais: 1 Samuel 8:5; Mateus 6:8; 28:20; 1 Co 10:12.

    P.S.: Deixo registrado aqui minha gratidão ao bom Deus, não apenas pelo texto que Ele me concedeu, mas também por Ele me dar de presente uma amiga tão especial que é a dona deste blog. Uma mocinha doce como o Pai dela! <3
    Leia também:
    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!